Home / Noticias / Sistema criado em Viana desperta interesse em vários estados do pais.

Sistema criado em Viana desperta interesse em vários estados do pais.

O sistema criado por dois moradores de Viana, Marcelo Ribeiro e Aniel Lucio acabou despertando o interesse de gestores e lideres comunitários de outros estados graças a matéria veiculada em rede nacional pela emissora do SBT.

O sistema faz com que os moradores do bairro ou da cidade tenham acesso as imagens das câmeras instaladas na exterior das residencias voltadas para a rua, dando ampla visão de toda movimentação.

A plataforma conta com controle de acesso, botão de panico e chat, tudo isso dentro do aplicativo. Segundo o desenvolvedor Marcelo Ribeiro, o sistema foi baseado em grupos de segurança do whatsapp, porem agregando imagens e a possibilidade de alertar todos os usuários de uma unica vez sobre possíveis ocorrências, inclusive os órgãos de segurança.

Aniel Lucio que cuida da parte burocrática da plataforma, revelou que o SMI levou um ano e um mês para ficar totalmente pronto entre a fase de testes e a aquisição da patente.

O SMI – Sistema de Monitoramento Inteligente, permite que os moradores possam monitorar suas casas, ruas e bairros de qualquer lugar do mundo, e caso algo esteja acontecendo podem acionar o botão de panico que alertara todos os outros usuários cadastrados no sistema, inclusive dos órgãos de segurança. O sistema esta sendo implantado como projeto piloto no bairro de Vila Bethânia em Viana, onde o efeito já pode ser notado pela população que deixou de registrar dois assaltos por dia, para zero a mais de uma semana.

Segundo os criadores do sistema, a ideia de levar a implantação para todo o município e posteriormente para outras cidades e estados acabou sendo antecipada devido ao recebimento de pedidos de varias cidades do interior de Minas Gerais, São Paulo e Goias. As negociações estão em andamento.

 

About Marcelo Ribeiro

Check Also

Justiça do ES dá 48h para que sindicato se manifeste sobre greve de motoristas de caminhão de lixo

Sindicato patronal acusa a categoria de não cumprir a liminar que determina a manutenção de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *