Home / Noticias / Rose de Freitas se mantém firme no projeto de eleição ao governo do Estado

Rose de Freitas se mantém firme no projeto de eleição ao governo do Estado

De posse de uma extensa folha de serviços prestados aos municípios capixabas desde quando era deputada federal, a senadora Rose de Freitas (PSDB) não desistiu de lançar sua candidatura ao governo do Estado em 2018.
O possível recuo passou a ser cogitado no mercado político, depois que o ex-governador Renato Casagrande (PSB) assumiu posição de candidato ao Palácio Anchieta. Ele e Rose articulavam palanque em conjunto.
A parlamentar se movimenta nos bastidores, aproveitando o momento único em sua trajetória e, principalmente, a constatação de que o governador Paulo Hartung perdeu o controle do PMDB no Estado, apesar da presidência ainda ser ocupada pelo deputado federal Lelo Coimbra, aliado histórico do governador. Esse controle da base, hoje, estaria nas mãos da senadora.
Esse é a matiz predominante no cenário político, tanto no Espírito Santo, com destaque para as lideranças interioranas, quanto na ala de nível nacional, onde Rose transita com extrema desenvoltura.
Esse quadro fortalece ainda mais o processo migratório de Hartung, cada vez mais próximo do DEM, do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (RJ), que lidera a construção do “Centrão” juntamente com a ala mais conservadora da política nacional.
O bom desempenho da senadora no interior do Estado, devido à facilidade de acesso que ela construiu em Brasília, deságua em valiosas liberações de recursos financeiros para os prefeitos. Desse modo, ela foi ampliando seu capital eleitoral, que hoje alcança todas as regiões do Estado e, também, a Grande Vitória.
Dois grandes projetos demonstram esse prestígio: a retomada das obras de remodelação do aeroporto de Vitória, que serão concluídas no próximo mês de março, e a dragagem do Porto de Vitória com a ampliação do cais de atracagem.
Enquanto Hartung, com sua política de austeridade neoliberal, manteve os investimentos em baixa e somente neste ano resolveu abrir o cofre, depois de três anos de arrocho, a senadora escancarava as portas de ministérios, na capital federal, possibilitando a entrega de obras e serviços nos municípios.
Nesse contexto, Rose está segura de que ninguém fez tanto pelos municípios capixabas do que ela. Surfando nessa certeza, ela se prepara para concorrer ao governo, tenha ou não o ex-governador como aliado, se ele abraçar a candidatura ao Senado, ou como oponente, o que é mais provável.
A senadora se mostra preparada e se arma com todas as forças, a fim de construir estratégias eficientes, para barrar os ataques. Até mesmo envolvendo seu primeiro suplente, o empresário paulista José Luiz Pastore, que também foi suplente do então senador Gerson Camata, sem nunca ter residido no Espírito Santo.

About Marcelo Ribeiro

Check Also

Operação prende mais de 30 homens acusados de estupro no ES; missionário e guarda-vidas estão entre os presos

Cerca de 60% dos suspeitos detidos já tinham condenações pelo crime Durante 50 dias de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *