No Banner to display

Home / Noticias / Preso suspeito de participar do assassinato de três homens às margens da BR 101, em Viana

Preso suspeito de participar do assassinato de três homens às margens da BR 101, em Viana

Breno Rocha da Silva, o “Ceará”, foi preso no bairro Universal, no mesmo município. Outros dois envolvidos no crime seguem foragidos


Breno foi preso pela DHPP de Viana na última segunda-feira, no bairro Universal

Um homem foi preso suspeito de participar do assassinato de três pessoas às margens da BR 101, no bairro Jucu, em Viana, em janeiro deste ano. Breno Rocha da Silva, o “Ceará”, foi preso na última segunda-feira (15) por policiais civis da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Viana, no bairro Universal, no mesmo município.

De acordo com as investigações, o alvo de Breno era Fabrício de Azevedo Silva, de 35 anos, conhecido como “Dedeira”. Segundo a polícia, Fabrício coordenava uma espécie de “disque-pó”, que funcionava às margens da BR 101, em Jucu.

No dia do crime, Fabrício, o segurança dele e um outro homem conversavam no local quando três homens chegaram, em um carro, já atirando contra o trio. De acordo com a polícia, um dos atiradores era Breno.

Quem também participou da execução do crime, de acordo com a polícia, foi Lucas Freire Silva, que continua foragido. Segundo as investigações, ele e Breno foram contratados por Aleandro Ribeiro Soares – irmão do verdadeiro dono da boca de fumo, que está preso – para matarem Fabrício.

Aleandro, que também está foragido, era assessor parlamentar de um vereador de Viana. Entretanto, na época do triplo homicídio, ele teria pedido demissão, de acordo com a polícia.

Após serem baleados, João Victor de Souza e um homem, que não teve o nome divulgado, mas que era conhecido como “Borracheiro”, morreram no local. Já Fabrício chegou a ser socorrido pela namorada e levado para um posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF), em Viana, mas não resistiu e morreu antes de chegar ao hospital.

Na época já havia a suspeita de que o “Borracheiro” teria sido morto porque estava entre os dois homens, o que foi confirmado. Uma das armas usadas no crime foi apreendida pela Polícia Militar na casa de Lucas.

Você pode Gostar de:

Violência: tiroteios assustam moradores da Grande São Pedro; região registra dois homicídios

Na última segunda-feira (23), um morador do bairro São Pedro I registrou em vídeo diversos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *