Home / Geral / Prefeituras deverão criar centros de operações de combate ao coronavírus

Prefeituras deverão criar centros de operações de combate ao coronavírus

Grupos deverão gerenciar medidas administrativas e de saúde para controlar ao máximo disseminação do vírus

As prefeituras serão responsáveis por criar mecanismos para o cumprimento das determinações do Estado em relação ao combate ao coronavírus. O governador do Estado, Renato Casagrande, disse que cabe aos prefeitos cumprir o que definem os protocolos anunciados neste sábado.

“Cada município com até 50 mil habitantes  terá que instalar um sistema de comando de operações e um plano de contingência. É um grupo envolvendo secretarias de saúde, Defesa Civil municipal e outras pessoas da sociedade para que elabore um plano de trabalho para poder acompanhar as pessoas suspeitas, infectadas para que o vírus não se dissemine”

Acima de 50 mil habitantes deverão ser instalados dois comandos de operações. “Um geral, para cuidar de todas as medidas e outro de saúde, para se concentrar nessa área. Tenho uma reunião na noite deste sábado (18) para passar todas essas medidas para os prefeitos”, disse o governador.

Os municípios também deverão criar um disque-aglomeração, por exemplo, para que não haja concentração de pessoas, orientar para usar máscaras e medidas de higiene, abordagem das pessoas para orientação.  

Também estão entre as medidas comunicação social, por meio de rádio, carros de som e recomendação expressa para que as pessoas dos grupos de risco permaneçam em isolamento total.

“Estamos com recomendação a todos que usem máscaras. No comércio, que vai reabrir segunda em cidades com risco leve, é obrigatório o uso por todos os funcionários de lojas e será recomendado ao consumidor, nós vamos incentivar o uso de máscaras. Aqui na Grande Vitória, por exemplo, vamos distribuir um milhão de máscaras em terminais a partir desta semana”, disse o governador.

About Marcelo Ribeiro

Check Also

Operação prende mais de 30 homens acusados de estupro no ES; missionário e guarda-vidas estão entre os presos

Cerca de 60% dos suspeitos detidos já tinham condenações pelo crime Durante 50 dias de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *