Home / Noticias / Posicionamento sobre Coronavírus (Covid-19) – Apae-ES

Posicionamento sobre Coronavírus (Covid-19) – Apae-ES

Diante do atual cenário em relação à pandemia de Coronavírus que está acontecendo em todo o mundo, a Federação das Apaes do Estado do Espírito Santo (Feapaes-ES) vem a público prestar esclarecimentos através desta nota.Todas as ações e orientações repassadas pela Federação às Apaes e coirmãs estão embasas e balizadas pelas diretrizes tomadas pelas autoridades sanitárias do Estado e, desde a semana passada, a Feapaes-ES vem informando e orientando as Apaes capixabas sobre condutas e ações na prevenção do Coronavírus.Temos acompanhado com atenção e preocupação esse quadro e repassado informações diariamente às instituições, já que a situação e a indicação das ações a serem adotadas podem mudar a cada dia.No início desta semana foi enviado às Apaes capixabas mais um comunicado com orientações de como as instituições devem proceder em relação aos atendimentos e suspensões dos mesmos. E, a partir de agora, às sextas-feiras, será emitido um comunicado para as Apaes do estado, imprensa, usuários e familiares com atualizações sobre a situação e com as medidas a serem tomadas nos dias seguintes.Orientamos a suspensão de atendimentos em diversos casos, de forma criteriosa, além de outras ações a serem adotadas como medida de cuidado e prevenção. Também sugerimos caminhos de diálogo com os Poderes Públicos de cada Município para adoção da suspensão de determinadas atividades, entendendo que as instituições desenvolvem atividades nas áreas de Assistência Social, Saúde e Educação.Especificamente sobre a Educação, tendo em vista a decisão tomada pela SEDU (Secretaria de Educação), no último dia 16 de março, de antecipar as férias de julho a partir do dia 23, será também adotada pelas Apaes capixabas após resposta da consulta à SEDU. Entre hoje e amanhã (19/03 e 20/03), a orientação é que as Apaes informem e comuniquem-se com as famílias e, a partir de segunda-feira, as atividades do AEE estarão suspensas por 15 dias.Nós estamos tomando todos os cuidados necessários para preservar a saúde dos usuários e funcionários das Apaes do estado, redobrando os cuidados de higiene que já eram adotados nas instituições. As Apaes têm um papel social e devem cumprir sua missão de ser referência para as famílias, dando orientações e suporte, sobretudo num momento crítico como esse. A Federação das Apaes do Estado do Espírito Santo reafirma seu compromisso social com a saúde e bem-estar de toda a rede usuária de seus serviços.Seguem abaixo as orientações enviadas às Apaes do Espírito Santo pela Feapaes-ES.Informe sobre Coronavírus (Covid-19) – Ações e orientações às Apaes e coirmãs

  1. Orientações a serem repassadas aos usuários e suas famílias

1.1 Repassar às famílias todas as informações de cuidados, higienização e prevenção para serem aplicadas dentro e fora do espaço da Instituição;1.2 Orientamos a suspensão de atendimentos nas seguintes situações:> Os usuários que apresentarem qualquer quadro gripal (devem ser aconselhados a ficarem em casa cumprindo isolamento por 14 dias, e, se agravar, procurarem orientação médica);> Usuários idosos (acima de 60 anos) com deficiência (devem ser orientados a permanecerem em casa):> Pessoas com deficiência que possuem um quadro de saúde mais sensível, que exige maiores cuidados, devem ser aconselhados a permanecerem em casa e procurarem orientação médica caso apresentem algum sintoma da doença;> Usuários que apresentem quaisquer sintomas do Covid-19;1.3Dentro do possível, oriente as famílias a permanecerem em casa pelos próximos dias;

  1. Medidas que devem ser adotadas em relação aos funcionários:

2.1 Funcionários idosos (acima de 60 anos), gestantes e aqueles com doenças crônicas devem trabalhar de casa;2.2 Funcionários gripados devem ser afastados das atividades e cumprirem isolamento domiciliar de 14 dias;2.3 Funcionários que apresentarem quaisquer sintomas do Covid-19 devem ser afastados e cumprir isolamento, com assistência médica;2.4 Aplicar todas as orientações de higienização e prevenção na realização das atividades.

  1. Orientações gerais às instituições:

3.1 Todos os ambientes da Instituição, sobretudo banheiros, devem receber um reforço na higienização e limpeza diariamente;3.2 Fortalecer as ações do Serviço Social da Instituição na atenção e orientação às famílias;3.3 Orientar o uso de máscaras a quem estiver espirrando e/ou tossindo e àqueles que estiverem cuidando de pessoas com suspeita de Covid-19. Procure informações sobre o uso e descarte correto da máscara;3.4 A Instituição deve manter ambientes arejados e ventilados;3.5 Suspender reuniões, ações coletivas e eventos por, pelo menos, 15 dias;3.6 Realizar alteração de horário de atendimento e funcionamento, quando possível, evitando concentração de pessoas em horário de pico;3.7 Sugerimos que as ausências nos atendimentos causadas pela situação que envolve a pandemia não sejam computadas para perda de vagas nos atendimentos das Instituições, dando, assim, tranquilidade para todas as famílias.3.8 Pactuar com os Municípios e os Conselhos Municipais de Assistência Social a eventual possibilidade de suspensão temporária das atividades previstas em seus termos de cooperação ou fomento, garantindo assim segurança jurídica. O mesmo vale para as ações na área da Saúde;3.9 Os serviços dos CAEEs serão definidos após posicionamento oficial da SEDU.3.10 Por enquanto, orientamos o NÃO fechamento de modo geral das Instituições. Essa é uma medida mais drástica, que precisa estar alinhada com as orientações do estado, e que pode ser necessária no momento oportuno. Além disso, é necessário que as Apaes cumpram sua missão de ser referência para as famílias, dando orientações e suporte, sobretudo num momento crítico como esse. Para isso, é preciso que as famílias encontrem a Instituição aberta quando necessitarem de auxílio;

  1. Ações adotadas pela Federação

4.1 Suspensão de todas as reuniões presenciais, eventos e ações, incluindo o EDAES2020;4.2 Suspensão das visitas dos técnicos da Federação às Apaes;4.3 Alteração no horário de funcionamento, que passa a ser das 9h às 16h, evitando a circulação em horário de pico;4.4 Liberação para home office dos colaboradores com mais de 60 anos;4.5 Criação de um Boletim Semanal sobre o Covid-19, que será enviado às Instituições com informações sobre a evolução da doença e as a alteração nas sugestões de ações.Todas as orientações que estamos repassando estão em consonância com as diretrizes traçadas pela Autoridade Sanitária do estado, que é a Secretaria de Estado da Saúde – SESA, para que tenhamos uma orientação unificada.O Covid-19 é uma doença nova, para a qual ninguém está imunizado. Afeta de forma mais agressiva idosos e pessoas com doenças crônicas, como qualquer outra síndrome respiratória. De fácil transmissão, 85% dos casos são leves e assintomáticos. Portanto, muitos irão ter a doença e o quadro de situação crítica em saúde deve se prolongar pelos próximos meses, o que exige a nossa atenção e prevenção.Pela gravidade da situação e o avanço do Covid-19, as informações e ações de conduta podem mudar em poucos dias. Por isso, vamos manter o nosso contato com a SESA e repassar todas as informações e novas ações a serem tomadas, se forem necessárias.

Você pode Gostar de:

Foto: Facebook

Gerente e Coordenadora de Saúde de Viana são internados com COVID-19

Na ultima sexta feira, (01), Taygrun Cardoso, gerente da UPA de Viana foi internado com …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *