Home / Noticias / População se mobiliza para linchar bandidos em Jardim Camburí

População se mobiliza para linchar bandidos em Jardim Camburí

whatsapp_image_2017_10_03_at_09_59_18-5308576

O major Carlos Magno, comandante da 12ª Companhia Independente da Polícia Militar (PM), que abrange a região de Jardim Camburi, comentou o panfleto flagrado pela reportagem do Gazeta Online no cruzamento da Rua Milton Manoel dos Santos com a Avenida Ranulpho Barbosa dos Santos, no bairro. Segundo Magno, o conteúdo do aviso beira a barbárie.

Aviso em poste de Jardim Camburi propõe enforcar e linchar bandidos

O aviso, colado em um poste, propõe colocar fogo, linchar, apedrejar e desmembrar criminosos. Sobre o recado destinado aos bandidos, o comandante ressaltou que as ameaças não vão mudar a tática da polícia. “Um puro e simples papel colado num poste não vai me movimentar”, afirmou Carlos Magno.

De acordo com o comandante, desde a reestruturação da PM do Espírito Santo, que aconteceu em março deste ano, o planejamento da polícia já foi pensado voltado para uma atuação diferenciada. “Essa reestruturação aumentou o efetivo, que era de 110 policiais e passou para 221 policiais previstos, sendo o que o existente é variável”, explica.

O major pondera que, em um estado democrático de Direito, a instituição não admite comentários e atitudes do tom como está o panfleto. “O que a PM admite é um trabalho que está sendo feito, integrado à comunidade, para melhorar a segurança pública”, destaca.

NÚMEROS

Segundo o comandante, os números de ocorrências com relação a roubo de pessoa, roubo a veículos e roubo a estabelecimentos comerciais, em Jardim Camburi, diminuíram e são os menores em cinco anos. “A região bateu recorde de redução em cinco anos, e isso se deve, também, à essa reestruturação que prevê mais policiais e novos planos táticos”, comemora.

Segundo ele, a região continental de Vitória, à qual Jardim Camburi faz parte, recebe cerca de 1,3 mil operações por mês, o que dá mais ou menos 40 operações por dia. “Elas (as operações) envolvem cercos táticos e até blitze. Jardim Cambui, por ser o bairro mais populoso, acaba sendo onde se concentra o maior número dessas atuações”, finaliza.

Você pode Gostar de:

Golpe de falsa investigação de pedofilia faz 1ª vítima no ES

Conversa com golpista começou com o pedido de uma mulher para trocar mensagens íntimas. Depois …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *