No Banner to display

Home / Noticias / Polícia Federal pode entrar no caso Thayná

Polícia Federal pode entrar no caso Thayná

O homem suspeito de ter sequestrado a estudante Thayná Andressa de Jesus Prado, de 12 anos, pode se tornar alvo da Polícia Federal. O senador Magno Malta (PR-ES) fez um pedido formal ao Ministério da Justiça para que o paradeiro de Ademir Lúcio Ferreira de Araújo, 52, seja investigado pelo órgão.

A solicitação foi realizada na tarde desta segunda-feira (6), no momento em que o político estava reunido com o delegado Lorenzo Pazolini, na Delegacia de Proteção á Criança e ao Adolescente (DPCA), em Vitória.

O objetivo é que a Polícia Federal envie à Justiça um pedido de mandado de busca e apreensão contra o suspeito e ele passe a ser procurado em todo o País.

Malta destacou que espera ajudar a encontrar Thayná ainda com vida e reforçou que Ademir não pode continuar solto.

“Ele é um pedófilo contumaz e com certeza pegou essa criança para abusar. Se fosse para sequestrar e pedir dinheiro pegaria uma criança rica. Esse rapaz é um atleta do Código Penal. Ele tem passagens, desde lesão corporal, a delitos como estupro, formação de quadrilha, extorsão, homicídio. É um criminoso perigoso”, afirmou.

Você pode Gostar de:

Suspeito de matar homem encontrado em porta-malas de carro é preso

Crime aconteceu no dia 14 de agosto. No dia 17, o corpo foi encontrado dentro …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *