Home / Noticias / Polícia descobre plantação de maconha em Vitória

Polícia descobre plantação de maconha em Vitória

Cerca de 15 quilos de produto final da maconha poderiam ser produzidos ali, o que garantiria um faturamento aproximado de R$ 60 mil


Uma plantação de maconha foi encontrada dentro de uma casa no alto de um morro no bairro São Cristóvão, em Vitória, na manhã desta segunda-feira(26). No imóvel de seis cômodos, policiais militares apreenderam cerca de 260 pés da planta em diversos estágios de crescimento, da muda à floração.

De acordo com a comandante de policiamento da unidade (CPU) do 1º Batalhão da PM (Vitória), tenente Karina Bortoluzzi, os militares chegaram ao local por meio de uma denúncia anônima.

Ao entrar na residência, os militares encontraram a droga sendo produzida com um sofisticado sistema de climatização e iluminação. Cômodos fechados, ar condicionado com uma longa tubulação para distribuir o ar por toda a casa e luzes ultravioleta garantiam que a planta crescesse com qualidade.

De acordo com os policiais, cerca de 15 quilos de produto final da maconha poderiam ser produzidos ali, o que garantiria um faturamento aproximado de R$ 60 mil.

A casa tinha dois cachorros, que estavam presos. Pedreiros trabalhavam no quintal, mas foram liberados. Peritos da Polícia Civil estiveram na casa e recolheram amostras das plantas para análise. Ninguém foi preso.

“A casa estava vazia. Vai ser necessário um trabalho investigativo a partir de alguns documentos que a gente encontrou. Provavelmente eles vinham, faziam a manutenção e não permaneciam aqui”, detalhou Bortoluzzi.

A tenente explicou, ainda, que as evidências apontam que na casa era feita apenas a plantação da droga. Dali, a maconha bruta seria transportada para outros locais, onde seria finalizada para comercialização.
 

Você pode Gostar de:

Vereador é assassinado com sete tiros dentro de casa de jogos

Vereador é assassinado com sete tiros dentro de casa de jogos O vereador Ciraldo Fernandes …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *