Home / Noticias / PF prende cinco pessoas relacionadas a empresa que administra criptomoedas no ES

PF prende cinco pessoas relacionadas a empresa que administra criptomoedas no ES


Além das prisões, a Justiça Federal determinou a suspensão das atividades da empresa, incluindo a remoção de páginas na internet e o bloqueio de bens


A operação ‘Madoff’, da Polícia Federal, cumpriu cinco mandados de busca e apreensão de pessoas relacionadas a uma empresa que administra investimentos em criptomoedas no Espírito Santo. As prisões aconteceram na manhã desta quarta-feira (15), no Espírito Santo, no Acre e Mato Grosso do Sul.

Segundo as investigações da PF, os detidos podem responder pelos crimes de associação criminosa, gestão fraudulenta, negociação de valores mobiliários sem autorização ou registro prévio.

Além das prisões, a Justiça Federal determinou a suspensão das atividades da empresa, incluindo a remoção de páginas na internet, e o bloqueio de seus bens, como contas bancárias, carros e imóveis. 

O juiz ainda determinou o bloqueio das criptomoedas existentes em exchanges, que é a bolsa de valores da moeda digital. Além disso, autorizou a apreensão de criptomoedas em carteiras, físicas ou digitais, que estavam com os investigados durante as buscas, sendo que esse procedimento foi o primeiro desse tipo no Brasil.

About Marcelo Ribeiro

Check Also

Operação prende mais de 30 homens acusados de estupro no ES; missionário e guarda-vidas estão entre os presos

Cerca de 60% dos suspeitos detidos já tinham condenações pelo crime Durante 50 dias de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *