Home / Noticias / “Pessoas muito poderosas o contrataram”, diz advogado de carpinteiro

“Pessoas muito poderosas o contrataram”, diz advogado de carpinteiro

1_dionathas-5293480

“Dionathas não sabia que era uma mãe de família”. A afirmação é do advogado Leonardo Rocha de Souza, que defende o carpinteiro Dionathas Alves Vieira, 23, preso por atirar três vezes contra a médica Milena Gottardi.

Além de dizer que seu cliente está com medo de morrer, e que ele quer falar que é o mandante do crime, o advogado revelou que “pessoas muito poderosas” contrataram o carpinteiro. Leia a entrevista abaixo.

Seu cliente foi contratado para o crime?

Sim. Dois indivíduos o procuraram e oferecem um “serviço” em troca de R$ 2 mil. O valor só seria pago após o crime, “depois que a poeira abaixasse”.

Quem o contratou?

Os nomes ele dará à polícia, inclusive do mandante do crime com quem ele esteve, 20 dias antes.

Ele sabe por que queriam que a médica morresse?

Isso não falaram. E nem como conseguiu a arma.

Ele conhecia a médica?

Sabia apenas que era mulher, mas não sabia nada da vida dela e nome. Quem o contratou não contou. Não sabia que era médica, que cuidava de crianças, que tinha duas filhas.

O seu cliente está sendo ameaçado?

Ele está com medo até de mosquito. A família de Dionathas teve que sair de onde morava, poucos ficaram. A preocupação maior dele é o filho pequeno, que já foi até retirado da escola. São pessoas poderosas e perigosas que contrataram ele.

Ele quer ‘diminuir’ a parcela de culpa dele?

Não. Queremos que ele responda à medida da sua culpabilidade. Ao que for justo. Contra fatos não há argumentos, mas o depoimento com colaborações pode ajudar no momento da aplicação da pena.

Você pode Gostar de:

Em Viana, assédio sexual e perseguição em escola acaba em delegacia

Homens que trabalhavam na reforma da Escola Municipal Constantino José Vieira, em Marcílio de Noronha …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *