Home / Noticias / PA e sede da Prefeitura de Cariacica estão fora da rede de esgoto

PA e sede da Prefeitura de Cariacica estão fora da rede de esgoto

1_cda02097gz318-5308345

Mensalmente, cerca de 20 mil pacientes buscam atendimento no Pronto-Atendimento do Trevo de Alto Lage, em Cariacica. Toda a quantidade de esgoto gerada no local é lançada em uma fossa, já que a unidade ainda não foi ligada à rede de esgoto da Cesan, conforme aponta o relatório divulgado ontem pela companhia de saneamento. Da mesma forma, o prédio que sedia a administração municipal também permanece irregular.

Segundo a Prefeitura de Cariacica, o procedimento não pode ser realizado, uma vez que o pronto-atendimento está localizado abaixo do nível de onde a rede de esgoto da Cesan está instalada.

“A rede de esgoto não passa em frente ao PA, não sendo possível enviar o esgoto por gravidade até a rede da Cesan”, informou a administração.

PALÁCIO MUNICIPAL 

Próximo ao PA, o Palácio Municipal, que concentra a estrutura administrativa de Cariacica, também possui a pendência. No entanto, a prefeitura argumenta que lá o problema não é falta de acesso à rede, mas a sua recente implantação.

“A rede de esgoto que atende o Palácio da Prefeitura foi construída este ano. Por se tratar de uma rede recente não houve tempo hábil para realizarmos a devida ligação”, justifica a prefeitura, em nota.

Atualmente, 596 servidores trabalham no local. Mas a prefeitura garante que o problema será solucionado em breve. “A prefeitura tem ciência e está se adequando para atender às normas da Cesan.”

Esgoto irregular em 13 unidades de saúde

Além das escolas, o número de unidades de saúde na lista de imóveis que não estão ligados à rede de esgoto chama atenção. Ao todo são 13 endereços. Deles, cinco estão em Vitória, outros cinco em Vila Velha, um na Serra e dois em Cariacica.

O maior dos prédios citados é o Pronto-Atendimento do Trevo de Alto Lage, em Cariacica.

Em Vila Velha estão listados Centros de Atendimento Psicossocial e unidades de saúde dos bairros Ulisses Guimarães e Coqueiral de Itaparica.

Por meio de nota, a Prefeitura de Vila Velha informou que vai fazer um levantamento dos prédios públicos para realizar as obras necessárias.

Já a Prefeitura de Vitória contestou as informações divulgadas pela Cesan. Segundo o município, dos cinco prédios citados, apenas um não possui ligação na rede de esgoto.

Segundo o subsecretário de Meio Ambiente e Serviços Urbanos, Ademir Barbosa Filho, os dados da cobertura da rede de esgoto da Cesan não corresponde aos da prefeitura. “Temos mantido um dialogo com Cesan no sentido de resolver estes problemas”, disse.

Órgãos afirmam que lista está desatualizada

Apesar de reconhecerem a falta de rede de esgoto em parte dos endereços citados, a administração de alguns órgãos públicos afirma que a lista divulgada pela Cesan está desatualizada. De acordo com as prefeituras de Vitória e da Serra, bem como o Tribunal de Justiça do Estado (TJ-ES), alguns imóveis já foram ligados à rede e, portanto, estão regulares.

Na Serra, por exemplo, a coordenadora de governo em exercício, Raphaela Moraes, afirma que tanto as escolas Djanira Maria Araújo e Aldary Nunes, quanto o Centro de Toxicômanos são obras recentes e foram entregues com rede de esgoto. Além disso, o Centro Municipal de Educação Infantil e a Praça de Porto Canoa ainda estão sendo construídos e, por isso, não possuem ligação.

Em Vitória, o subsecretário de Meio Ambiente e Serviços Urbanos, Ademir Barbosa Filho, garante que 22 dos 42 imóveis citados pela Cesan, entre os quais muitas escolas, estão devidamente ligados. Em relação aos demais, ele explica que o processo não foi regularizado devido a problemas técnicos, que vão desde a falta de oferta de rede até questões de nivelamento da rua.

O TJ-ES também afirma que o prédio da Vara da Infância e Juventude de Vitória, localizada na Vila Rubim, está ligada à rede, conforme foi constatado em vistoria feita pela Secretaria de Engenharia desde maio deste ano.

De acordo com o presidente da Cesan, Pablo Andreão, como os dados do sistema de informação são brutos, é possível que alguns deles estejam desatualizados. Neste caso, os órgãos, assim como os cidadãos, devem procurar a empresa para solicitar a atualização.

Correios sem ligação em Vitória

Dois endereços pertencentes à sede dos Correios, em Vitória, e um de posse da Marinha, em Vila Velha, também estão na lista de locais que estão fora da rede de esgoto.

Em relação aos Correios, a autarquia federal informa que aguarda a finalização das obras da Avenida Leitão da Silva, onde o prédio está situado, para fazer a ligação. O objetivo é aguardar a definição da altura da rua para decidir sobre a altura da calçada e, assim, não perder o investimento.

Já a Marinha diz que no terreno citado da Praia da Costa, em Vila Velha, há três casas onde moram servidores e o processo de ligação à rede já foi iniciado. Técnicos da Cesan estiveram no local para avaliar o terreno.

“Para interligação da rede local à rede externa será necessário a instalação de tubulações na alameda de acesso ao Farol Santa Luzia por parte da concessionária”, informou a Capitania dos Portos do Estado.

Você pode Gostar de:

Golpe de falsa investigação de pedofilia faz 1ª vítima no ES

Conversa com golpista começou com o pedido de uma mulher para trocar mensagens íntimas. Depois …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *