Home / Noticias / Nós de Viana. Entrevista com o Vereador Fabio Dias (PT) Presidente da Câmara de Viana

Nós de Viana. Entrevista com o Vereador Fabio Dias (PT) Presidente da Câmara de Viana

O Vereador Fábio Dias é Servidor Efetivo da Prefeitura de Viana, está no seu primeiro mandato como Vereador, assumiu a presidência da Câmara Municipal de Viana e inicia em 2018 seu segundo ano na direção da Casa. Nesta entrevista ele fala sobre sua eleição para Presidência da Mesa Diretora, seus projetos realizados e suas perspectivas para o futuro.

Entrevista concedida em 04/ de Janeiro de 2018

Marcos Ruas: Eu gostaria que você iniciasse falando sobre a sua experiência como Vereador, sendo o primeiro mandato ao qual foi realmente eleito e esta primeira experiência como Presidente da Câmara, a estrutura encontrada e o que foi desenvolvido à partir daí.

Fabio Dias: O maior desafio que nós da mesa diretora enfrentamos (Eu, Ademir e Max… Presidente, Vice e primeiro secretário respectivamente) foi acertar a questão administrativa porque recebemos a Câmara com um problema para resolver, não podíamos nomear ninguém, em virtude de uma sentença judicial em face de um TAC (Termo de Ajuste de Conduta) assinado pela câmara em 2010 com o Ministério Público. E como nós estávamos assumindo a direção da casa, tínhamos a  responsabilidade de assumir tal compromisso. Então precisávamos fazer uma reorganização administrativa da Câmara, redefinir os cargos e funções e com este rearranjo, conseguimos colocar tudo em ordem sem precisar passar por cima dos compromissos assumidos pela casa com o Ministério Público. Nós não poderíamos continuar com a estrutura antiga porque nós não tínhamos, por exemplo, Controlador, nem Gerente Administrativo, nem Diretor Geral e os cargos que tínhamos, não poderíamos nomear ninguém porque era de ocupação exclusiva para Efetivos, e não havia tempo para fazer concurso. Exemplo motorista, contador etc… Entretanto ainda temos como objetivo a realização do concurso público para a câmara municipal ainda neste ano de 2018.

Marcos Ruas: Como você faz pra conciliar a função de Vereador, que é um cargo legislativo, com o cargo de Presidente da Casa, que é um cargo com atribuições administrativas?

Fabio Dias: Eu tenho que admitir que inicialmente consumiu muito o meu tempo porque nós tínhamos três focos: O primeiro era esta reorganização administrativa, o segundo é o concurso público porque temos por meta e em cumprimento ao TAC, executar o concurso público e o terceiro e último era a mudança para o espaço novo porque eu sou um morador de Viana, e o tempo que eu ficar aqui, eu quero dar minha contribuição e minha contribuição é ajustar o espaço da Câmara porque não tínhamos um espaço adequado para atender aos munícipes de forma que pudessem assistir às sessões com mais conforto. Porque a Câmara é a casa do povo, então temos que sempre lutar para melhorar cada vez mais este espaço para que o povo possa acompanhar as sessões e tenha uma boa qualidade no atendimento. Faltava espaço adequado para receber mais pessoas, hoje conseguimos ampliar o espaço de forma que as pessoas possam vir, acompanhar as sessões etc. Estamos pensando em modificar também o horário, e se a população quiser nós podemos testar um horário alternativo para as sessões, estamos estudando a possibilidade de criar as sessões itinerantes. A partir deste ano também estamos querendo iniciar as transmissões online das sessões, já compramos alguns aparelhos de forma que possamos fazer estas transmissões por meio das mídias sociais. Estamos implantando as licitações online, protocolo online, o Programa “Câmara sem Papel”. Então, isto consumiu muito tempo do meu mandato, mas tenho uma ótima equipe que tem me ajudado bastante, e temos o problema cultural de que o povo vê o Vereador como uma espécie de “prefeitinho”, de forma que toda a demanda acaba sendo transferida para o vereador. Aí a minha equipe tem me dado este suporte para ouvir as demandas para que eu possa fazer o contato com os órgãos da prefeitura responsáveis por cada demanda para que sejam atendidas. E devido a crise política e econômica, hoje o município tem um orçamento menor do que 2012, por exemplo e mesmo com um orçamento menor, as demandas cresceram, ainda assim temos conseguido dar conta.

Marcos Ruas: E sobre os projetos de lei, proposições etc, que estão em andamento pelo seu mandato como Vereador?

Fabio Dias: Eu costumo interagir muito, não apenas nas ruas, mas também nas redes sociais para ouvir as demandas das pessoas e idéias para contribuir com leis, proposições… Então, surgiu uma demanda em um dos grupos que eu faço parte, a FEMOPOV (Federação dos Movimentos Populares de Viana) e as pessoas sugeriram que criássemos uma Lei que ajudasse as mulheres vítimas de violência doméstica. Daí surgiu a idéia de uma Lei que obrigue a Prefeitura a transferir a servidora do município que seja vítima de violência doméstica, caso solicite, para um local de trabalho aonde seja mais seguro pra ela. Além desta, temos 12 projetos de Lei apresentadas, como leis que padronizam as cores do município de Viana para evitar que prefeitos pintem a cidade com as cores de seu partido, o que gera economia para o município. Temos também a Lei que monitora a violência juvenil nas escolas, com o intuito de resolver o problema de agressão a professores na sala de aula. Um outro projeto que apresentamos é o que obriga as instituições financeiras a manter Vigilante 24h nas suas instalações, isto visa inibir um pouco os arrombamentos, explosões de caixas eletrônicos, seqüestros relâmpagos etc. porque as instituições financeiras foram as que mais lucraram nos últimos anos no Brasil, e nada mais justo do que eles darem sua contribuição social para prevenirmos a violência, além do que, com esta medida, vários postos de trabalho serão criados no município de Viana.

Marcos Ruas: E a sua ação contra a ECO 101?

Fabio Dias: Esta eu considero uma das ações mais importantes do meu mandato porque já fizemos audiências públicas e não tivemos o retorno positivo, então nos debruçamos sobre os documentos e levamos 3 meses para preparar uma ação judicial que fosse bastante completa. Isto porque ao assumir a concessão da rodovia, a ECO101 assumiu vários compromissos contratuais e não está cumprindo com estes compromissos, o que está impactando negativamente o Município porque os prazos foram extinguidos e não fizeram praticamente nada do que tinha que ter sido feito, mesmo eles tendo o dinheiro do BNDES liberado. Não temos um radar sequer em Viana, não duplicaram praticamente nada do que deveriam ter duplicado, o Viaduto do Marcílio de Noronha não foi feito e já deveria ter sido entregue. Os impactos estão sendo não apenas econômicos, mas pessoas estão perdendo a vida devido ao descaso desta empresa. Então neste caso, estou dando minha contribuição enquanto parlamentar e enquanto cidadão, o que está dentro de minhas possibilidades políticas e jurídicas estou fazendo. E espero que a partir desta ação, possamos obter várias conquistas, alem de Viana também estar contribuindo para o resto do estado porque várias ações já foram protocoladas, mas nenhuma tão completa como esta.

Marcos Ruas: Agora vamos falar um pouco dos planos futuros, você pretende ser candidato em 2018?

Fabio Dias: Eu estou a disposição do meu grupo político, do partido e sobretudo da sociedade de Viana, mas estou focando nas minhas funções aqui na Câmara. Porém, se houver um projeto que seja benéfico para Viana e eu puder contribuir de alguma forma, não me furtarei de ajudar.

Marcos Ruas: E em 2020? Sabemos que Gilson Daniel não pode ser mais candidato a Prefeito. Neste cenário, existe a possibilidade de que você encampe uma candidatura a Prefeito?

Fabio Dias: Olhando até as próprias redes sociais, eu fiz a análise de um comentário de um membro que diz que está muito cedo para discutir 2020, e eu concordo com isto. Então, estou muito focado em tentar fazer um bom trabalho aqui na Câmara e acho que 2020 precisa ser tratado em 2020. Eu vejo que o Prefeito também está bem focado em administrar a cidade, de forma que ainda está muito cedo para a gente discutir o cenário de sucessão.

About Marcelo Ribeiro

One comment

  1. Entrevista interessante, acredito que mais personagens politicas de Viana poderiam participar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *