Home / Noticias / Mulher mata marido após levar socos durante churrasco em Cariacica

Mulher mata marido após levar socos durante churrasco em Cariacica

morte-5307768

Uma mulher esfaqueou e matou o marido após ser agredida por ele durante uma briga, na noite deste domingo (1º), no bairro Vista Linda, em Cariacica. Segundo testemunhas, ela foi agredida com tapas e socos, e, momentos depois, atingiu o homem com duas facadas no pescoço.

A vítima dos golpes, o operador de motosserra José Alexandrino Ivo, 41, morreu na hora. A mulher ainda acionou a polícia, mas foi liberada porque, segundo a ocorrência, agiu em legítima defesa.

O casal estava em churrasco com amigos quando a briga começou, pouco antes das 20 horas. Uma das testemunhas, uma dona de casa de 39 anos contou que eles chegaram à casa onde ocorreu o churrasco às 15 horas, e pareciam estar tranquilos, bebendo cerveja e conversando.

Ao anoitecer, José Alexandrino começou a chamar a esposa para ir embora, pois no dia seguinte teria que acordar cedo para trabalhar. Ela disse ao marido que não queria ir, mas ele insistiu. Então os dois acabaram discutindo.

“Ele disse ‘minha velha, vamos embora porque amanhã cedo eu tenho que trabalhar’, e ela não quis. Depois ela me chamou para ir até minha casa, pois queria ir ao banheiro. Minha casa fica perto de onde estava havendo o churrasco. Ele veio atrás dela falando que era para os dois irem embora e, quando vi, ele estava batendo nela”, lembrou.

Segundo a dona de casa, a mulher foi agredida com vários tapas e socos, e ainda teve a cabeça jogada contra a torneira do tanque da casa. Após essas agressões, ela conseguiu separar o casal, deixando José Alexandrino no quintal enquanto mantinha a mulher do lado de dentro da casa.

Além de estar em espaços diferentes, o casal estava separado por um portão. Mesmo assim, a mulher aproveitou um momento de distração da dona de casa, pegou uma faca na cozinha e partiu para cima do marido.

“Ele estava perto de mim, junto ao portão. Então senti um sangue em mim e vi que ele tinha sido esfaqueado por ela. Enquanto ela esfaqueava, a filha dela gritava por socorro. Depois disso, eu saí correndo para a rua. Ele também foi para a rua pedir socorro, e ela saiu pelos fundos da casa”, acrescentou.

José Alexandrino não resistiu aos ferimentos e morreu na rua. Já a mulher acionou a Polícia Militar e foi levada para prestar depoimento na Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Segundo a Polícia Civil, a mulher, que não teve o nome divulgado, foi liberada porque, inicialmente, o delegado entendeu que ela agiu em legítima defesa. O caso vai seguir sob investigação da Delegacia de Crimes Contra a Vida de Cariacica.

Você pode Gostar de:

Inscrições para o Programa Jovens Valores começam nesta terça-feira com 2 mil vagas de estágio

As oportunidades de estágio contemplam mais de 60 cursos de formação para estudantes dos Ensinos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *