Home / Noticias / Mais um suspeito de participar do assassinato de médica é preso

Mais um suspeito de participar do assassinato de médica é preso

1f6f8ac0-8371-0135-da92-6231c35b6685--minified

Foi preso na manhã desta segunda-feira (25) o último foragido suspeito de participar do assassinato da médica Milena Gottardi Tonini Frasson, de 38 anos, ocorrido na última quinta-feira (14).

Hermenegildo Palauro Filho foi localizado numa fazenda em Aimorés, na divisa do Espírito Santo com Minas Gerais.

Ele foi detido e encaminhado para prestar depoimento na Divisão de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP) em Vitória. O advogado de defesa do suspeito chegou ao local no final da manhã para tomar conhecimento do caso.

Crime

Milena foi assassinada com um tiro na noite do último dia 14 (falecendo no dia seguinte) após um dia de trabalho no Hospital das Clínicas, em Maruípe. O crime continua com grande repercussão. Já foram presos o ex-marido dela, o policial Hilário Frasson, Dionatas Alves Vieira, Bruno Rodrigues, o sogro da vítima, Esperidião Carlos Frasson e o lavrador Valcir da Silva.

Mudou a versão

Dionathas Alves Vieira, preso por executar a médica Milena Gottardi Tonini Frasson, mudou a versão dada em depoimento na última sexta-feira (15) à Polícia Civil. O advogado dele Carlos Eduardo Lyrio disse que o cliente não atirou.

Carlos Eduardo Lyrio confirmou que Dionathas foi contratado para matar a médica, mas disse que, na hora do crime, o tiro foi feito por outra pessoa, que estava com ele.

O advogado de Dionathas disse que, anteriormente, o cliente havia dito que atirou porque foi pressionado.

Direto da Redação

Você pode Gostar de:

Casal pede corrida para motel, assalta taxista e foge com carro em Vitória

O crime aconteceu na madrugada desta sexta-feira (29). Bastante alterada, a mulher fez várias ameças …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *