No Banner to display

Home / Saúde / Laboratório recolhe remédio Ranitidina por contaminação com substância cancerígena

Laboratório recolhe remédio Ranitidina por contaminação com substância cancerígena

A Medley, unidade de negócios de genéricos da Sanofi, anunciou o recolhimento de 50 lotes do Ranitidina, um medicamento utilizado no tratamento de úlceras. O recall, como afirmou a empresa, está sendo realizado por causa de uma contaminação com uma substância cancerígena.

“O recolhimento é realizado devido à possível contaminação com uma impureza de nitrosanima chamada N-nitrosodimetilamina (NDMA). A NDMA identificada é classificada como possível substância causadora de câncer em humanos”, diz o comunicado. O recall é voluntário e tem caráter preventivo.

A Anvisa afirmou que tal contaminação é “inaceitável”: “As nitrosaminas são encontradas em alguns alimentos e suprimentos de água potável, mas as que são formadas em processos de síntese de ingredientes ativos usados na fabricação de fármacos são consideradas como impurezas. Por isso, sua presença em medicamentos é considerada inaceitável”.

Veja abaixo quais lotes não devem mais circular:

Você pode Gostar de:

Coronavírus: veja o perfil dos infectados no ES e os principais sintomas!

Em relação à idade, o inquérito mostrou que a doença predomina nas faixas de 21 …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *