Home / Geral / Jovem com problemas psicológicos coloca fogo na casa, no Bairro São Marcos,em Colatina

Jovem com problemas psicológicos coloca fogo na casa, no Bairro São Marcos,em Colatina

De acordo com as informações o filho ateou fogo em roupas e em um armário que ficavam na parte superior do duplex


O Corpo de Bombeiros foi acionado nesta quarta- feira (17), por volta das 20 horas e 35 minutos para combater um incêndio em residência no Beco Aracruz, bairro São Marcos, em Colatina.

No momento do fato estavam na casa 3 pessoas: o proprietário identificado como Reginaldo, a mulher dele, Geza, e o filho J.F, que tem problemas psicológicos .

De acordo com as informações o filho ateou fogo em roupas e em um armário que ficavam na parte superior do duplex . Após a confusão a família saiu da casa e vizinhos acionaram os bombeiros. Foram deslocadas 3 viaturas para atender a ocorrência . Também esteve no local uma viatura da Polícia Militar .

A rua foi isolada e após 40 minutos de trabalho as chamas foram extintas. A mãe e o filho tomaram destino ignorado. O pai permaneceu no local e ficou abrigado em casa de amigos, devido a destruição da residência que é de alvenaria e telhado de madeira e eternit. Na parte superior é cozinha, quarto, sala e um banheiro. 

O trabalho terminou às 22 horas,mas a meia noite vizinhos voltaram a ligar informando que o incêndio tinha reiniciado. A guarnição voltou à residência que estava toda trancada. Há suspeita de que o filho do casal retornou à casa , juntou pertences e roupas,ateando fogo novamente , trancando a casa e fugindo do local.

Os bombeiros fizeram novo rescaldo e vizinhos cederam dois cadeados para trancar os portões de acesso, para que o filho não retornasse à residência e ateasse fogo no que sobrou da mesma.Os vizinhos foram orientados que se necessário acionassem a Polícia Militar.

About Marcelo Ribeiro

Check Also

Operação prende mais de 30 homens acusados de estupro no ES; missionário e guarda-vidas estão entre os presos

Cerca de 60% dos suspeitos detidos já tinham condenações pelo crime Durante 50 dias de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *