Home / Noticias / Ex-namorado é suspeito de matar professora com quatro tiros em Linhares

Ex-namorado é suspeito de matar professora com quatro tiros em Linhares

Suellem foi atingida com um disparo no ouvido, outro no maxilar, um tiro no rosto e um no peito


O ex-namorado é o principal suspeito de matar a professora Suellem Souza Silva, de 33 anos, a tiros, por volta das 11 horas desta quarta-feira (31).

O crime ocorreu dentro do banheiro da casa onde ela morava com os pais, no bairro Interlagos, em Linhares, Norte do Estado.

De acordo com o taxista Geraldo Silva, de 64 anos, pai de Suellem, o suspeito namorou com a filha dele por mais de um ano. Ele afirma que, há cerca de três meses, o relacionamento do casal teria terminado.

O taxista também contou ainda que os vizinhos viram quando o rapaz pulou o muro da residência e arrombou a porta da cozinha. A vítima teria corrido para o banheiro, mas o criminoso também arrombou a porta e matou a ex-namorada com quatro tiros.

Suellen foi atingida com um disparo no ouvido, outro no maxilar, um tiro no rosto e um no peito. Os profissionais do Corpo de Bombeiros chegaram a ser acionados, mas ao chegarem ao local do crime, a vítima já estava morta.

 Delegacia onde Suellem já havia solicitado medidas protetivas contra o ex-namorado (Foto: Wilton Junior/AT)

Delegacia onde Suellem já havia solicitado medidas protetivas contra o ex-namorado (Foto: Wilton Junior/AT)

Muito abalado, o pai da vítima contou que a filha já havia denunciado o ex-namorado à Polícia Civil e que no começo da semana, teria pedido medidas protetivas, conforme determina a Lei Maria da Penha.

“Ela terminou o relacionamento há uns três meses, mas ele não aceitou. Ele já vinha ameaçando minha filha. Levei a Suellen na segunda-feira passada na delegacia e ela registrou ocorrência, pedindo medida protetiva. Provavelmente, ele soube o que ela fez e ele achou essa forma covarde de se vingar”, lamentou o pai da vítima.

Testemunhas informaram à Polícia Militar que, após cometer o crime, o assassino fugiu em um veículo de cor preta. A PM chegou a fazer buscas na região, mas até o final da tarde de ontem o suspeito não tinha sido preso.

O corpo de Suellen foi encaminhado para o Serviço Médico Legal (SML). O velório aconteceu na Capela Mortuária do Cemitério São José, no bairro Novo Horizonte e o sepultamento da professora está previsto para acontecer na manhã de hoje. Os familiares não informaram o horário.

Por meio de nota, a Polícia Civil informou que o caso seguirá sob investigação da Delegacia Especializada de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) de Linhares. “O suspeito se evadiu do local do crime, tomando destino incerto e até o momento não foi detido. Informações adicionais, ainda, não serão passadas para não atrapalhar a apuração do fato”, cita a nota.

Denúncias podem ser feitas por meio do Disque-Denúncia 181 ou pelo site do Disque Denuncia , onde é possível a pessoa anexar imagens e vídeos de ações criminosas. Não é preciso se identificar.

Você pode Gostar de:

Vereador é assassinado com sete tiros dentro de casa de jogos

Vereador é assassinado com sete tiros dentro de casa de jogos O vereador Ciraldo Fernandes …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *