Home / Noticias / Ex-marido que esfaqueou mulher no ponto de ônibus já foi preso em 2015 por agredi-la, diz polícia

Ex-marido que esfaqueou mulher no ponto de ônibus já foi preso em 2015 por agredi-la, diz polícia

O pintor automotivo Max da Silva Almeida, de 28 anos, preso por ter esfaqueado a ex-mulher Gracieli Cirilo, de 35, já foi preso em 2015 também por causa de agressões contra a mesma vítima. A informação é do delegado Romualdo Hianordolli, que investiga o caso. O suspeito foi autuado por feminicídio e encaminhado ao Centro de Triagem de Viana.

‘Relacionamento conturbado e marido violento’, diz delegado

Gracieli Cirilo foi esfaqueada pelo ex-marido em um ponto de ônibus perto do Hospital das Clínicas, na tarde desta terça-feira (5), em Vitória. Um policial da Delegacia Patrimonial presenciou a situação e atirou para o alto para que o homem parasse de dar golpes de faca. Ele foi preso e a mulher foi socorrida para o hospital.

Após o crime, Max da Silva prestou depoimento da Delegacia Patrimonial.

“Ele disse que tinha combinado de levá-la ao trabalho e no caminho eles discutiram porque o telefone dele teria tocado e ela pensou que seria uma mulher. Eles discutiram e ela pediu que ele parasse a moto, que ela seguiria de coletivo para o trabalho. Nisso ele a deixou no local onde foi o crime e foi embora, mas se arrependeu e voltou. Eles começaram a discutir, pois ele queria que ela fosse ao trabalho com ele. Nisso, segundo o detido, ele teve um rompante de fúria e fez o que fez, esse ato lamentável”, disse o delegado Romualdo.

Mulher foi esfaqueada em ponto de ônibus em Vitória (Foto: Fábio Linhares / TV Gazeta)Mulher foi esfaqueada em ponto de ônibus em Vitória (Foto: Fábio Linhares / TV Gazeta)

Mulher foi esfaqueada em ponto de ônibus em Vitória 

About Marcelo Ribeiro

Check Also

Justiça do ES dá 48h para que sindicato se manifeste sobre greve de motoristas de caminhão de lixo

Sindicato patronal acusa a categoria de não cumprir a liminar que determina a manutenção de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *