No Banner to display

Home / Noticias / Estelionatário que aplicava golpes na venda de terrenos é preso

Estelionatário que aplicava golpes na venda de terrenos é preso

Um jovem de 25 anos, suspeito de estelionato, foi preso nesta quinta-feira (23), no bairro Três Barras, em Linhares, no Norte do Espírito Santo. Segundo a polícia, ele vendia lotes que não lhe pertenciam, ficava com o dinheiro das pessoas e desaparecia.

A vendedora Márcia Muniz foi uma das vítimas. Ela deu a loja que tinha, no valor de R$ 30 mil, como parte do pagamento de um lote. Isso aconteceu há um ano e até agora, nem sinal do terreno.

“Meu sentimento é de revolta. Foram anos de trabalho, um patrimônio que eu adquiri com o meu trabalho. Não foi roubando ninguém, não foi lesando o patrimônio de ninguém, foi com o meu suor, pra depois uma pessoa vir e te roubar dessa forma. É muito triste”, disse.

O comerciante Alexandre José Ferreira é dono de um loteamento e teve lotes vendidos sem nem saber do negócio. “Começaram a aparecer pessoas no meu escritório dizendo que tinham comprado alguns lotes. Pedi que eles entrassem com uma ação na Polícia Civil, para dar queixa de estelionato”, contou.

Thiago Félix Comparti Penha, de 25 anos, era quem vendia os terrenos. Pelo menos cinco pessoas procuraram a Delegacia de Linhares dizendo serem vítimas do estelionatário. Ele foi preso enquanto fazia acordos de compra e venda para dar mais um golpe.

O delegado Valter Barcelos disse que já havia denúncias contra Thiago, por isso já existia um mandado de prisão contra ele.

“Já estávamos atrás dele porque já havia sido expedido o mandado de prisão por prática de estelionato majorado. Algumas pessoas nos procuraram e expedimos o mandado, mas ele estava foragido na cidade de Linhares. As vítimas mantinham contato com ele”, explicou.

A polícia ainda não sabe quantas pessoas foram vítimas de Thiago. Quem identificá-lo deve procurar a delegacia. “Todos serão ouvidos. Não vamos tentar fazer ressarcir o dano causado, isso é área cível, mas vamos fazer com que ele pague pelo crime que cometeu”, disse o delegado.

Você pode Gostar de:

Suspeito de matar homem encontrado em porta-malas de carro é preso

Crime aconteceu no dia 14 de agosto. No dia 17, o corpo foi encontrado dentro …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *