Home / Noticias / Criminosos descem morro atirando e aterrorizam moradores e comerciantes

Criminosos descem morro atirando e aterrorizam moradores e comerciantes

Situação da Leitão da Silva logo após a ação do grupo de São Benedito

Cerca de 15 criminosos desceram uma ladeira atirando e aterrorizado comerciantes e moradores na região do Morro do São Benedito, em Vitória, nas proximidades da Avenida Leitão da Silva. O ato aconteceu no fim da tarde desta quinta-feira (30), por volta das 17h50. Ninguém ficou ferido, segundo a PM.

O grupo ainda destruiu objetos de sinalização da obra da avenida e obstruiu, por alguns minutos, as vias em ambos os sentidos. O trânsito voltou a fluir normalmente na via, de acordo com a Guarda Municipal, por volta das 18h30. Um fotógrafo, que trabalha na região, disse que dois dos criminosos usavam touca ninja.

Segundo informações da PM, o ato dos criminos foi em protesto a uma ação de policiais militares.

Moradores da região contaram que, durante uma abordagem policial, um jovem foi baleado após não receber ordem de parada. Ele estava em um beco que fica na divisa entre Alto Itararé e São Benedito. De acordo com a PM, ele foi socorrido em estado grave para o Hospital de Urgência e emergência, onde acabou morrendo. Uma arma foi apreendida no local.

Pessoas que passavam pela via na hora contaram que ouviram vários tiros e que o grupo estava destruindo os carros e o que estava pela frente. Ainda de acordo com testemunhas, houve uma tentativa de incêndio a ônibus.

“Eles começaram a soltar fogos e, em seguida, desceram [o morro] fazendo alvoroço, quebrando coisas, placas. Pegaram uns objetos e fecharam a rua. Depois ouvimos tiros. Quando chegamos na janela para ver, todo mundo estava baixando as portas. Quando a polícia chegou, as pessoas que já estavam saindo do comércio por conta do horário, umas 18h, aproveitaram para ir embora”, contou uma comerciante da região.

A PM informou que militares já estavam na Avenida Leitão da Silva e conseguiram conter a situação rapidamente. O policiamento foi reforçado na região.

Lojistas

O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Vitória, Adriano Ohnesorge, disse que não houve toque de recolher. “Não aconteceu nada com os lojistas, apenas um fato isolado que a polícia rapidamente agiu e já está controlado. O comércio fechou às 18 horas e neste momento a polícia está lá”.

About Marcelo Ribeiro

Check Also

Operação prende mais de 30 homens acusados de estupro no ES; missionário e guarda-vidas estão entre os presos

Cerca de 60% dos suspeitos detidos já tinham condenações pelo crime Durante 50 dias de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *