Home / Polícia / “Achei que iam me matar”, disse taxista que pulou de carro em movimento

“Achei que iam me matar”, disse taxista que pulou de carro em movimento

Um taxista de 32 anos passou por um susto por volta das 4h50 desta terça-feira (28). Ele estava em casa quando um cliente ligou para pedir uma corrida para o bairro Ataíde, em Vila Velha. Após deixar o homem, foi chamado por outro no bairro Ilha das Flores.

O suspeito deu sinal com o braço e a vítima parou para iniciar a corrida. Vestindo camisa social, ele entrou no carro e teria dito que buscaria um colega em Vila Batista. Depois, teria anunciado o assalto e pedido para o taxista entrar no porta-malas.

Outro suspeito teria chegado e entrado no veículo. “Apontaram a arma para mim e achei que iam me matar. Fiquei 20 minutos trancado”, contou o taxista.

A vítima disse ainda que eles não conseguiam dirigir muito bem o carro, que é a gás. Ele abriu o porta-malas por dentro e pulou do veículo em movimento, já em Nova América.

O táxi foi deixado na avenida Carlos Lindemberg, no bairro Nossa Senhora da Penha. Os suspeitos, de 22 e 25 anos, foram presos logo em seguida. De acordo com a polícia, foi apreendido um simulacro de arma de fogo.

About Marcelo Ribeiro

Check Also

Homem suspeito de estuprar as duas filhas e três sobrinhas é preso.

A vítima mais recente, uma sobrinha do homem, foi examinada no Serviço Médico Legal (SML) …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *